Na abertura da ABTA 2014, nesta terça, 5, em São Paulo, a ministra da Cultura, Marta Suplicy, apontou que o uso do Vale Cultura para pagamento de assinatura de TV não está descartado.

Segundo ela, a adoção do vale ainda está em uma fase inicial. “Quase todo o dinheiro do Vale Cultura está indo para os livros, mas porque as livrarias se preparam antes para esse momento”, disse. Segundo a ministra, quando o benefício “ganhar mais musculatura”, vai passar a ser usado para TV por assinatura. “Um dos serviços que tem demanda é a TV paga, por isso mesmo que não poderia ser contemplado num primeiro momento, não sobraria nada para cinema teatro ou livro. Quando estiver mais forte, abriremos para TV por assinatura”, completou. Ela nÃo quis especificar quando esse benefício poderá ter seu uso estendido para incluir a TV por assinatura.

Go to top