SINCAB

Na manhã desta sexta-feira (10), dirigentes e militantes do SINCAB se uniram as centrais sindicais do ato batizado de “Basta: Dia Nacional de Mobilização em defesa do emprego, aposentadoria e dos direitos trabalhistas”. O ato, que aconteceu na Avenida Paulista, mobilizou inúmeros sindicatos.

Segundo Canindé Pegado, Presidente do SINCAB e secretário Geral da UGT nacional, o dia do Basta contou com adesão de 14 capitais brasileiras. “Hoje é um dia de mobilização em várias cidades, inclusive com paralisação de atividades”,

A Anatel resolveu atender ao pedido das operadoras e decidiu estender por 30 dias o período de recebimento de contribuições para a proposta do Plano Estrutural de Redes de Telecomunicações (PERT).

Segundo a agência, a decisão do Conselho Diretor foi tomada por circuito deliberativo nesta segunda-feira, 6. A data final da Consulta Pública era a próxima quinta-feira, 9, portanto as contribuições serão recebidas até o dia 8 de setembro. O Conselho também determinou a realização de mais três audiências públicas que serão realizadas em Brasília, Porto Alegre e Fortaleza.

As operadoras de TV seguem investindo em infraestrutura e na ampliação de suas redes como estratégia de crescimento, ou pelo menos de preparação para que, ao final da crise econômica, estejam melhor posicionadas.

Pelo menos essa é a posição da Net e da Oi apontada durante o PAYTV Forum 2018, que acontece nos dias 30 e 31 de julho com realização de TELETIME e TELA VIVA. As operadoras, no entanto, divergem quanto à possibilidade de vender canais desempacotados, ou unbundling.

O mercado de TV paga teve uma pequena recuperação no mês de junho, segundo dados da Anatel, com uma recuperação de cerca de 16 mil clientes no mês.

A comparação anual não é possível pois a base de dados da agência tem um buraco de informações entre junho e setembro de 2017. De qualquer maneira, no mês de junho de 2018 o mercado fechou com 17,787 milhão de assinantes. No mês, Oi TV e Vivo foram as responsáveis por puxar o mercado para cima.

A Anatel lançou na terça-feira, 31, o aplicativo "Anatel Comparador", uma nova ferramenta em que o consumidor pode buscar e comparar ofertas dos quatro serviços de telecomunicações (telefonia fixa, telefonia móvel, banda larga e TV por assinatura) a partir de seu perfil de consumo.

O usuário tem acesso aos planos e promoções, com base no preço ou na qualidade do serviço (cujas informações são baseadas nos resultados da Pesquisa de Satisfação da agência). O aplicativo foi desenvolvido por meio de parceria firmada entre a autarquia e o Conselho Federal Gestor do Fundo de Defesa de Direitos Difusos (CFDD), do Ministério da Justiça. A ferramenta tem o objetivo de ser um instrumento que permita informar os consumidores para a tomada de decisão de consumo, fomentando a competição no setor.

Go to top
JSN Boot template designed by JoomlaShine.com