O IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) divulgou nesta quinta, 13, a pesquisa Sistema de Indicadores de Percepção Social (SIPS), que investigou a percepção dos brasileiros sobre os serviços de telecomunicações, no que tange à infra-estrutura disponibilizada e à qualidade dos serviços.

A pesquisa, realizada em 3.809 domicílios de 212 municípios, em 2013, ouviu a população sobre telefonia fixa, telefonia celular, acesso à internet, TV por assinatura e TV aberta. O estudo aponta que 87,1% dos entrevistados têm uma percepção positiva da TV por assinatura, avaliando este serviço com notas entre 5 e 7, numa escala de 1 a 7. Em segundo lugar, está a telefonia fixa, com 73% de avaliação positiva.

A TV por assinatura também é o segmento com o maior percentual de nota máxima: 28,7% dos entrevistados avaliam este serviço com a nota 7, que representa a qualificação "ótima".

O IPEA aponta que 26,6% dos entrevistados possuem TV por assinatura. A região Sudoeste é a que tem maior densidade deste serviço (41,5%), enquanto o Sul e o Centro-oeste ficam na daixa de 22%, e o Norte e o Nordeste apresentam, respectivamente, 14% e 12,3%.

Segundo o estudo, os valores pagos pelos serviços de TV por assinatura concentram­se entre R$ 71,00 e R$ 100,00, faixa em que estão 28,9% dos assinantes. Também revela que 74,1% dos entrevistados têm renda domiciliar total de até 5 salários mínimos.

Na avaliação de qualidade por tipo de infraestrutura tecnológica, o serviço de acesso à internet via TV a cabo teve a melhor avaliação positiva (78,4%).

Go to top